Skip to content

Emprestimo Empresa Ao Socio

⌚️ Tem apenas 60 segundos?
Nós sabemos o quão precioso é o tempo, nem todos gostam de ler longos artigos, como tal, recomendamos que veja o video seguinte, contudo, se precisar de informação mais pormenorizada, pode continuar a ler o nosso artigo.

Perguntas Frequentes

1Quando A Empresa Empresta Dinheiro Ao Sócio?

A resposta para essa questão é bastante simples: sim! Desde que haja um contrato firmando tal empréstimo. Contudo é indispensável que as partes preparem um contrato que possua as seguintes informações: o valor do mútuo, a qualificação das partes, o prazo de devolução, os juros que serão pagos, dentre outra cláusulas.

2Como Lançar Empréstimo Da Empresa Para O Sócio?

A contabilização deverá ser feita através de contrato de mútuo. Evitando assim a Falta de lastro para o IRPF. De acordo com o Decreto 3.000 (RIR 99), os rendimentos (juros) de operações de mútuo de entre pessoas jurídicas ou pessoa física são equiparados a rendimentos de aplicações financeiras no que tange ao IRPJ.

3Como Contabilizar Empréstimo Dos Sócios?

A contabilização será:
1
– pelo registro da entrada do dinheiro:
2
– pelo registro dos juros contratados.
3

4O Que É Contrato De Mútuo Entre Empresas?

O contrato de mútuo é um instrumento de contrato muito utilizado no Brasil. Ele consiste em uma relação de empréstimo de bens ou dinheiro entre duas ou mais pessoas, sejam elas físicas ou jurídicas, que não conta com o intermédio de um banco ou instituição financeira.

5Como Contabilizar Empréstimo Da Empresa Para O Sócio?

Assim, quando um sócio emprestar recursos à sua empresa, esse empréstimo deverá ser classificado e informado no grupo pela data prevista para a sua devolução. Não havendo esse prazo, a informação deste deve ser assentada no Passivo Circulante.

6Como Contabilizar Empréstimo De Uma Empresa Para Outra?

A pessoa jurídica que estiver emprestando dinheiro (mutuante) deve efetuar o registro contábil da operação no “Ativo Não Circulante (ANC)”, no subgrupo “Ativo Realizável a Longo Prazo (RLP)” do Balanço Patrimonial (BP), independentemente de o contrato especificar data de vencimento anterior ao término do exercício …

7Quando O Sócio Pede Empréstimo Para A Empresa?

O mútuo é um contrato de empréstimo, em que o mutuante (sócio que aportou capital) concede determinada quantia em dinheiro ao mutuário (empresa) à título de empréstimo, devendo este último pagar o valor recebido em determinado prazo com acréscimo de juros.

8Como Contabilizar Empréstimo De Mútuo?

O contrato de mútuo será registrado como um passivo exigível na mutuária e como um ativo realizável na mutuante. Os encargos financeiros praticados nos contratos de mútuo devem ser reconhecidos como despesa financeira na mutuária e como receita financeira na mutuante, observando-se o regime de competência.